A dança gospel que faz parte do louvor a Deus veja!

Bom todo  cristão escolhe e frequenta uma igreja para buscar alimento espiritual, e a dança gospel  já esta fazendo parte disso em muitas igrejas, ela edifica quando bem planejada e com uma coreografia compatível com a música, neste post iremos mostrar
várias dicas sobre a vestimenta e muito mais por meio de fotos e comentários , fique por aqui e você verá mais, inclusive para quem tiver interessado a aprender mais podemos até indicar este curso.

 

Louvor com dança gospel

Como todo culto e adoração a Deus tem várias partes, como introdução cânticos e pregação da palavra da Bíblia a dança gospel se enquadra bem para agregar valor ao louvor para Deus e edificação ao publico em geral que está presente, seja em um culto ou evento em que  suporta uma apresentação dessas.

 Como fazer para que uma dança se torne louvor e edificação?

Bom em primeira mão podemos dizer que não basta ser uma dança gospel comum e sim, ela deve ser muito bem planejada, isso inclui muito trabalho a partir da escolha da roupa, musica e coreografia e para ser completo, é dedicação total com muito amor e espiritualidade, caso contrario não será edificante, nesse caso quem se habilita precisa ter consciência disso. o preparo começa pelo líder e se estende a todo grupo, ou seja mão dadas e muita dedicação e nesse curso que mencionamos acima é possível colher muitas dicas valiosas.

vestes  dos componentes da dança gospel que chamam atenção

Bom podemos chamar de uniforme do grupo de dança, porque é interessante para que haja uma sincronia bem harmoniosa, isso pode ser de uma cor somente como também em duas o máximo três tonalidades e sem dúvida, que seja bem esvoaçante e brilhoso como o cetim e voil ai fica tudo muito bem organizado, aí o conjunto todo consegue transmitir um conteúdo valioso que converte e edifica.

danca gospel danca gospel 2 danca gospel 3 danca gospel 4 danca gospel 5 danca gospel 6 danca gospel 7 danca gospel 8 danca gospel 9 danca gospel 10 danca gospel 11 danca gospel 12

 

Esta entrada foi publicada em Diversidades. Adicione o link permanente aos seus favoritos.